O fim de 2012 marcou 7 meses desde o lançamento da Alvanista. Neste período houveram muitas evoluções da própria, fato que este blog comprova: basta navegar pelas postagens mais antigas. Nesse ínterim, queremos mostrar, para aqueles que têm nos acompanhado nessa estrada, um pouco de como tudo isso é feito. Primeiro, queremos falar um pouco mais sobre a Alvanista em si, para, em uma outra postagem, apresentar um pouco do dia-a-dia do nosso HQ.

Uma ode aos jogos eletrônicos

Tudo na Alvanista é uma homenagem ao mundo dos jogos eletrônicos. Começando pelo nosso nome, Alvanista, que é uma forma que encontramos de fazer um tributo aos eternos RPGs “low-tech”, como Star Ocean, Shining Force II, Secret of Mana, dentre muitos outros. Alvanista é uma cidade de um jogo chamado Tales of Phantasia, e achamos que seria mais do que adequado para representar a Terra Prometida para os gamers.

Mas elas não param por aí. A paleta de cores do site, baseada em variações de roxo, branco e cinza, é uma forma de homenagear aquele que foi, talvez, o console mais importante para consolidar a paixão pelos games para boa parte da equipe da Alvanista: a estrela eterna da Nintendo, o Super Nintendo, que tinha sua paleta também com cores similares. Na tela de Convidar Amigos, temos uma pequena homenagem à The Legend of Zelda (It’s dangerous to go alone!). Os rankings de troféus (você vs. o mundo) são uma referência à Scott Pilgrim vs. the World. Durante muito tempo, a nossa página de boas-vindas trazia um print-screen de um usuário fictício. Esse usuário fictício se chamava Lucca, e era uma homenagem à Chrono Trigger.  Quem um dia se deparar com as telas de erro ou de página não encontrada, vai encontrar algumas referências à The Legend of Zelda e Bomberman.

Tudo isso sem contar o Sonic no “carregando” das notificações.

Por isso, e por tudo mais que não cabe mencionar aqui, é que temos muito orgulho de falar que a Alvanista é uma rede feita por gamers, para gamers, e uma sincera homenagem à todo o mundo de jogos eletrônicos, fruto da nossa grande admiração e respeito por essa nova arte. Essa admiração tem sua origem naquelas noites em que tentamos, e fracassamos, finalizar Battletoads. Também quando descobrimos que precisávamos usar o player 2 para vencer Psycho Mantis em Metal Gear Solid. Ou na primeira vez que ouvimos um garotinho chamado Janus falar “One among you will shortly perish.”, em Chrono Trigger. Ou, talvez, quando vimos pela primeira vez aquele ouriço azul, com tênis vermelho, correndo freneticamente por Green Hill Zone. Pensando bem, pode ter sido quando voamos pela primeira vez em Super Mario 3. Não podemos deixar de lembrar, também, das incontáveis partidas de Super Bomberman IV com os amigos. Enfim, são tantas as lembranças que nos marcaram, que poderíamos, literalmente, passar o dia todo aqui as mencionando.

A Base de Dados

Uma das nossas maiores ambições é se tornar a base mais compreensiva de jogos do planeta. Não pretendemos ser a maior – nosso objetivo é ser a base que você tem a melhor experiência ao utilizar. Acreditamos que o caminho para isso está em tratá-la com muito carinho e cuidado, e é por isso que não temos jogos sem capa na Alvanista. Também é por esse excesso de cuidado que ainda não acrescentamos várias plataformas: queremos ter certeza que as capas estão em ótima qualidade e padronizadas, sempre que possível, e que as informações estão adequadas. Porém, temos noção que não seremos capazes de, sozinhos, conseguir isso. Precisamos da ajuda da comunidade, e estamos liberando ferramentas para que os jogadores da Alvanista também possam nos ajudar a atingir esse objetivo.

Muitas capas de jogos presentes na Alvanista, principalmente capas de jogos antigos, foram tratadas para serem exibidas em toda a glória que elas merecem. Algumas tiveram que ser restauradas, outras precisaram de tratamento de cores, e outras precisaram de uma limpeza de ruídos na foto. Outras capas foram criadas, à partir de artes de divulgação dos jogos, especialmente para Alvanista – principalmente quando as outras opções não estão à altura do jogo. E ainda existem aquelas em que optamos por usar uma capa criada por um fã, quando acreditamos que essa representa muito melhor o jogo. Logicamente, não conseguimos fazer isso para todas as capas, mas temos mais de 2 mil capas de jogos que foram ajustadas especialmente para a Alvanista.

Abaixo, alguns exemplos de capas em outras bases, e na Alvanista:

Quer nos ajudar?

Se você também apoia o projeto, saiba que você pode nos ajudar bastante. Cadastre jogos ausentes, convide seus amigos a fazerem parte da rede, divulgue a Alvanista nos canais que você achar adequado e assim, juntos, poderemos fazer da Alvanista um lugar melhor para todos nós, jogadores.

Happy Gaming!